07 dez

Engrenando no paisagismo

Sem dúvidas um jardim faz toda diferença numa casa, principalmente se ele for bem feito. Existem várias possibilidades de você mesmo criar um em seus momentos de lazer ou contratar um profissional. Mas de qualquer forma, o ideal é ter uma noção de como eles funcionam e do que eles precisam!

Para não correr o risco com pragas, invista sempre na adubação. O adubo orgânico pode ser comprado ou produzido em casa. Na hora do fertilizante, escolha um orgânico com húmus de minhoca. Ele prolonga os períodos de florada e deixa o solo mais saudável.

Ao escolher suas plantas, preste bastante atenção no tipo de raiz e em quanto elas crescem para não precisar mudá-las de lugar. Algumas espécies tem raízes muito fortes e capazes de quebrar o piso. Em situações como essa, é recomendável a utilização de concreto como vaso para limitar seu crescimento. Algumas plantas como gerânio, quaresmeira, jasmim-manga ou amoreira podem manchar seu piso e até mesmo a tintura do carro. Evite-as ou as deixe longe da garagem, dê preferência a revestimentos menos porosos ou use forrações.

Dependendo da forma que montar seu jardim, caso tenham plantas altas, cuidado com espécies de espinhos e que sejam venenosas. Quanto ao chão, sem dúvida um espaço com grama é lindo, porém elas crescem muito rápido e acabam dando mais trabalho e exigindo tempo para conservar. Uma ótima dica são deques, pedriscos, cruzetas e seixos.

E claro, veja a necessidade do seu ambiente. Se nele bate muito sol, procure utilizar plantas que sejam favoráveis a este tipo de clima. Ou se bate muito vento, que sejam mais resistentes e firmes. Analise sua estrutura e pense em todas as possibilidades antes de começar, depois é só deixar a criatividade rolar.

Fonte: Casa e Jardim

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>